​​
Os combustíveis e as novas tecnologias utilizadas nos motores têm motivado vários debates no cenário brasileiro. Em função da importância do assunto para o desenvolvimento do setor de transporte e da economia nacional, assim como sua influência na saúde e no meio ambiente, o Despoluir acompanha o desenvolvimento das tecnologias e energias limpas.

O projeto produz pesquisas e estudos sobre o uso de tecnologias e energias limpas, visando incentivar, acompanhar e informar o desenvolvimento de combustíveis e tecnologias menos poluentes, considerando aspectos ligados à qualidade, produção, comercialização, distribuição e barreiras impostas à adoção dessas inovações nos cenários nacional e internacional.

Além de investigar as mudanças tecnológicas para informar empresários e motoristas, o Despoluir seleciona e dissem​ina as principais notícias ligadas ao tema, com a veiculação de matérias em sua página e, mensalmente, na Revista Transporte Atual.

Para acompanhar a f​ormulação e execução de políticas públicas relativas ao tema, a equipe técnica do Despoluir participa ativamente dos principais fóruns de discussão, especialmente no Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Conheça alguns de nossos relatórios:

Os impactos da má qualidade do óleo diesel brasileiro
A CNT e o Sest Senat vêm empreendendo esforços para que o óleo diesel no Brasil tenha cada vez mais qualidade. Esta publicação informa e orienta os transportadores, caminhoneiros autônomos e a sociedade, sobre os impactos da má qualidade do óleo diesel bras​​​​​​​​​​​​ileiro, apresentando os principais problemas e procedimentos para a preservação da qualidade do combustível consumido no Brasil. Ver publicação​

Procedimentos para a preservação da qualidade do Óleo Diesel B
Atualmente, todo o óleo diesel veicular comercializado possui biodiesel. Essa mistura é denominada óleo diesel B e apresenta uma série de benefícios ambientais, estratégicos e qualitativos. Para que isso aconteça, é fundamental que procedimentos relacionados à produção, ao transporte, ao recebimento, ao armazenamento e ao uso desse combustível sejam rigorosamente adotados. Esta publicação foi elaborada para auxiliar a rotina operacional dos transportadores, apresentando subsídios para a efetiva adoção de procedimentos que garantam a qualidade do óleo diesel B. Ver publicação​


Fase P7 do Proconve e o Impacto no Setor de Transporte
Em janeiro de 2012, entrou em vigor a fase P7 do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve) para veículos pesados. Como esse fato ocasionou impactos significativos no setor, a CNT elaborou estudo para disseminar informações importantes a respeito do tema. O trabalho apresenta as novas tecnologias e as implicações da fase P7 em relação aos veículos, combustíveis e aos ganhos para o meio ambiente. Ver publicação​

A adição do Biodiesel e a Qualidade do Diesel no Brasil
Para avaliar as possíveis implicações da adição de biodiesel ao diesel comum no consumo e na manutenção dos veículos, a CNT realizou a pesquisa intitulada “A Adição do Biodiesel e a Qualidade do Diesel no Brasil”. O acréscimo do biodiesel é obrigatório desde janeiro de 2008. Este relatório apresenta os resultados da consulta realizada em 262 empresas de transporte de cargas e de passageiros - rodoviário e urbano - participantes do Despoluir, nas cinco regiões brasileiras, no período de agosto a novembro de 2009. A pesquisa foi dirigida pela Coordenação Nacional do Despoluir e executada pelas federações parceiras do programa.Ver publicação​